nosmulheres
Olá!
Bem-vinda
nosmulheres

Porque os mais belos momentos são nossos. Um forum onde se fala de culinária, artesanato, os nossos filhos, os nossos animais, noticias, saúde, toda a nossa conversa...ser mulher
 
InícioInício  PortalPortal  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 cão lá em casa

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
paulacmarques
caloiro
caloiro


Feminino
Touro Cachorro
Inscrição : 30/03/2011
Nº de Mensagens : 21
País :
Emprego/lazer : merchandizer partime
Humor : gosto de quase tudo na vida :)

MensagemAssunto: cão lá em casa   Qui 31 Mar - 15:34

olá meninas precisava de conselhos Rolling Eyes

A minha filha mais velha anda à anos a pedir um cão. A pequena fez 10anos demos-lhe um cãozinho.

neste momento tem 2meses

como devo educa-lo????????

vou ao veterinário para a semana mas até lá o que faço?

paula
Voltar ao Topo Ir em baixo
rya
Membro Diamante
Membro Diamante
avatar

Feminino
Peixes Rato
Inscrição : 08/01/2008
Nº de Mensagens : 12624
País :

MensagemAssunto: Re: cão lá em casa   Qui 31 Mar - 16:23

talvez ajude

Como educar um cachorro

Durante os primeiros 12 meses de vida, a maioria dos cachorros irá exibir diversos problemas comportamentais detectáveis pelos proprietários. Estes problemas habitualmente variam entre fazer as necessidades fisiológica dentro de casa e ladrar, ou morder e até destruir a mobilia de casa ou outros utensilios domésticos. A prevenção é uma estrategia melhor do que esperar pela resolução desses comportamentos e, como tal, o treino do cachorro deverá começar no primeiro dia da sua nova casa. A forma como os problemas são abordados no início do processo, terá uma grande influência nos resultados obtidos.



1) Inibição de morder
Tal como acontece com todos os animais, o treino de um cachorro começa, de facto, no dia do seu nascimento. Nesta altura o cachorro recebe através da progenitora algumas lições de vida como é o caso da inibição de morder. Durante o aleitamento, a cadela rosna ou afasta o cachorro da teta se o contacto for demasiado brusco ou doloroso, como forma de ensinar a cria a ser mais cuidadosa. Quando esta é afastada da progenitora será o proprietário que terá de fazer esse papel. Deverá ensiná-lo que o contacto dos dentes com a pele humana provoca dor, manifestando-o através de um grito ou afastando-se do contacto do cachorro, por forma a que o animal perceba que se trata de um comportamento não permitido. Os cães bem socializados mas que não possuem capacidade de inibição de morder, são inevitavelmente aqueles que se transformam em adultos perigosos, uma vez que são muito sociáveis, mas que não têm qualquer controlo sobre a sua força.

2) Socialização
Na maioria dos casos, os cachorros podem acompanhar os seus novos proprietários à maioria dos ambientes minimamente controlados. Por exemplo, pode levar o seu cachorro quando vai ao cabeleireiro ou se for visitar uns amigos mantendo-o no seu colo. É importante não expor um cachorro a riscos ambientais provocados pela interacção com outros cães potencialmente infecciosos. Por exemplo, os cachorros não devem ser levados a parques publicos ou a outras áreas com uma elevada população de cães, onde estão expostos ao risco de contraír uma infecção. A socialização é fundamental para o desenvolvimento da personalidade do cachorro. Os animais, tal como as pessoas, aprendem através da experiência pessoal, associando as suas acções a consequências. Assim, o proprietário deverá esforçar-se por proporcionar, o mais cedo possível, o maior número de oportunidades de aprendizagem com consequências positivas, de forma a reforçar comportamentos e respostas desejadas.

3) Treino positivo
Se um cão aprender um comportamento sem recurso à força física ou sem consequências negativas, então é mais provável que o cão o queira repetir, particularmente se existe uma recompensa ou um reforço positivo associado. É esta a base para os métodos de treino positivo. Para ensinar o cão a deitar-se, este deverá adoptar essa posiçao de livre vontade, ou ser aliciado com um brinquedo ou biscoito. Quando o animal estiver deitado, pode então dizer a palavra “deita” e seguidamente recompensar o animal, introduzindo assim a palavra comando. Assim quando o animal ouvir o comando “deita”, só poderá fazer associações positivas.
Este método poderá ser utilizado no treino de higiene, informando e recompensando o cachorro sempre que ele urina numa área adequada e ignorando o comportamento se o fizer num local errado – por muito difícil que isto possa ser….!

4) Ignorar os comportamentos negativos
Ser um cachorro nem sempre significa fazer as coisas de modo acertado. A dificuldade consiste em encontrar um equilíbrio e descobrir a maneira de informar um cachorro que um determinado comportamento não é aceitável, de forma a que compreenda e, ao mesmo tempo, não prejudique a relação cachorro/proprietário. Por muito simples que pareça em teoria, ignorar um cachorro quando este faz algo de errado é o “melhor” castigo que se lhe pode aplicar. No entanto, isto é precisamente algo que os proprietários nem sempre consideram fácil de pôr em prática. Por exemplo, se o cachorro começar aos saltos, normalmente a reacção imediata será afastá-lo e dizer “não!”. Na percepção do cachorro, isto constitui um reforço de comportamento pois assegura que lhe seja dada atenção. A reacção mais adequada seria ignorá-lo completamente. Fique quieto, não diga NADA e não olhe para ele. Posteriormente, espere que o cachorro tenha os 4 membros apoiados no chão e, nesta altura recompensá-lo com festas ou um biscoito. Esta técnica também pode ser utilizada para evitar a vocalização inadequada ou muitos outros problemas.
Outro erro comum dos proprietários é reforçar inadevertidamente os comportamentos pelo facto de não conseguirem ignorá-los. A forma como os proprietários muitas vezes reagem a um cachorro que evidencia um comportamento de medo é um bom exemplo. A reacção habitual do dono é acalmar e tranquilizar o cachorro, pegando-lhe frequentemente e fazendo festas. A mensagem que passa para o cachorro é que está a ser recompensado por demonstrar este comportamento e que afinal, talvez existisse mesmo uma razão para ter medo. A resposta mais adequado por parte do dono seira ignorar o cachorro até que o medo desaparecesse e o animal manifestasse uma linguagem corporar mais confiante, altura em que lhe seria oferecida uma recompensa. Ignorar o cachorro que manifesta comportamentos indesejáveis pode ser a atitude mais difícil treinar, mas com tempo e uma certa persistência, acabará por proporcionar bons resultados!

5) Truques para melhor examinar o seu cão
Cada novo proprietário deve, por rotina, “examinar” e manusear todas as áreas do corpo do seu animal incluindo os membros, a cauda, as orelhas, os olhas, a boca e as extremidades, e iniciar estes hábitos de inspecção pouco tempo depois de adquirir o cachorro. Se isto for feito segundo um método positivo de recompensa e quando o animal se encontra em forma e saudável, este deverá apreciar as sessões de manuseamento e apresentando aos proprietários as áreas a examinar, tal como e quando tal lhe é requerido. De igual forma, os cuidados de higiene e beleza, o corte de unhas, o banho e a escovagem de dentes, deverão ser abordados da mesma forma.

6) Aceitar o tempo passado sozinho
Quando conseguir mostrar ao cachorro que estar sozinho não é um castigo, essa talvez seja uma das maiores contribuições para o cão ser equilibrado e feliz. Todos têm uma história para contar sobre ansiedade de separação, mas algumas medidas cuidadosas empreendidas precocemente podem ajudar a evitar este problema comportamental comum.
Um cachorro novo é sempre o centro das atenções do agreado familiar mas deve “possuir” um espaço próprio. As jaulas de interior têm vindo a ter uma utilização crescente para providenciar um abrigo seguro onde o animal possa se refugiar. É importante que esse espaço seja encarado como um refúgio e não como um castigo. Nesse espaço próprio, pode ser colocada a alimentação e a água assim como a cama e alguns dos brinquedos favoritos do animal. Para aumentar a sensação de prazer e reforçar positivamente comportamentos desejáveis, poderá utilizar como recompensa, alguns brinquedos ou acessórios próprios para mastigação. Isto permitirá que o cachorro permaneça calmamente deitado roendo um objecto adequado e apreciando o tempo que passa sozinho.



http://vetaltominho.wordpress.com/2008/05/28/como-educar-um-cachorro/



_________________
A vida é feita de pequenos nadas.

FELIZ 2013
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://nosmulheres.forumeiros.com
lyana
super estrela
super estrela
avatar

Feminino
Virgem Cavalo
Inscrição : 11/02/2011
Nº de Mensagens : 960
País :
Rainha do mês :

MensagemAssunto: cão lá em casa   Qui 31 Mar - 16:47

Acho que o que a Rya escreveu ,diz tudo
A minha cadela quando veio para minha casa tinha apenas 1 mês,tive que ter muita paciência e disponibilidade para levá-la á rua o máximo de vezes que pudesse e falava com ela para que ela entendesse que era hora de fazer as necessidades,tive sorte ela até aprendeu bem
Em relação a roer,todos os cães bebés passam por isso,quando isso acontecia ralhava com ela e mandava-a para o cesto dela de castigo,pelo tom de voz que eu faço, a minha cadela sabe quando estou contente, ou chateada
Voltar ao Topo Ir em baixo
paulacmarques
caloiro
caloiro


Feminino
Touro Cachorro
Inscrição : 30/03/2011
Nº de Mensagens : 21
País :
Emprego/lazer : merchandizer partime
Humor : gosto de quase tudo na vida :)

MensagemAssunto: Re: cão lá em casa   Qui 31 Mar - 20:28

boas dicas, obrigada

neste momento a minha maior luta é ensinar que deve fazer as necessidades no jornal. mas acho que estou sem sucesso Sad
Voltar ao Topo Ir em baixo
Elizabett
Membro d'Ouro
Membro d'Ouro
avatar

Feminino
Leão Cachorro
Inscrição : 04/06/2010
Nº de Mensagens : 2422
País :
Emprego/lazer : Empregada
Humor : Bem Humorada
Rainha do mês :



MensagemAssunto: Re: cão lá em casa   Qui 31 Mar - 20:38

Concordo cntg Lyana, eu tive uma Pastora Alemã (morreu envenenada), a bicha percebia tudo!
Impressionante! Ainda o meu pai vinha no cimo do monte (com a mota dele),já o animal estava com as orelhitas no ar... Very Happy
Quando o meu filho nasceu, ninguem se podia chegar ao pé dele! Têm um instinto protector muito grande....que linda e meiga que era a minha cadela.... Sad

Tem calma Paula, com o tempo vais lá...
Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Salgadinha
Membro Diamante
Membro Diamante
avatar

Feminino
Touro Gato
Inscrição : 02/09/2008
Nº de Mensagens : 7547
País :

MensagemAssunto: Re: cão lá em casa   Qui 31 Mar - 20:58

Tempo, precisa de tempo...e da nossa paciência! Very Happy

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
paulacmarques
caloiro
caloiro


Feminino
Touro Cachorro
Inscrição : 30/03/2011
Nº de Mensagens : 21
País :
Emprego/lazer : merchandizer partime
Humor : gosto de quase tudo na vida :)

MensagemAssunto: Re: cão lá em casa   Qui 31 Mar - 22:15

No Sábado vou ao veterinário com ele.
A minha filha mais velha já fez uma lista de perguntas hahahaha

mas na verdade tb eu tenho muitas perguntas

obrigada pelo apoio
Voltar ao Topo Ir em baixo
rya
Membro Diamante
Membro Diamante
avatar

Feminino
Peixes Rato
Inscrição : 08/01/2008
Nº de Mensagens : 12624
País :

MensagemAssunto: Re: cão lá em casa   Qui 31 Mar - 22:18

um animal nao se ensina de um dia para o outro
leva o seu tempo a aprender
temos que ter muita paciencia mesmo
todos os dias as cenas repetem-se
mas devagarinho vai-se conseguindo
um degrau de cada vez e temos um amigo incondicional

Paula quando sao cachorrinhos é como levar uma criança ao medico Very Happy

_________________
A vida é feita de pequenos nadas.

FELIZ 2013
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://nosmulheres.forumeiros.com
paulacmarques
caloiro
caloiro


Feminino
Touro Cachorro
Inscrição : 30/03/2011
Nº de Mensagens : 21
País :
Emprego/lazer : merchandizer partime
Humor : gosto de quase tudo na vida :)

MensagemAssunto: Re: cão lá em casa   Qui 31 Mar - 22:22

é verdade :) A vida é feita de pequenas coisas
o meu dia já estava tão preenchido. que só a ideia de ter um cão assustava-me. Mas a minha filha mais velha queria tanto que lá teve de ser.
Agora estou sempre ansiosa por chegar a casa e ver se está tudo bem. De v^-lo aos saltos....

Um pequeno ser que está a completar

Voltar ao Topo Ir em baixo
lyana
super estrela
super estrela
avatar

Feminino
Virgem Cavalo
Inscrição : 11/02/2011
Nº de Mensagens : 960
País :
Rainha do mês :

MensagemAssunto: Re: cão lá em casa   Qui 31 Mar - 22:29

Elizabett escreveu:
Concordo cntg Lyana, eu tive uma Pastora Alemã (morreu envenenada), a bicha percebia tudo!
Impressionante! Ainda o meu pai vinha no cimo do monte (com a mota dele),já o animal estava com as orelhitas no ar... Very Happy
Quando o meu filho nasceu, ninguem se podia chegar ao pé dele! Têm um instinto protector muito grande....que linda e meiga que era a minha cadela.... Sad

Tem calma Paula, com o tempo vais lá...
Very Happy


A minha cadela é igual,quando eu morava num prédio,era no 3ºandar o meu marido ainda estava a meter a chave na porta do prédio e a minha cadela já estava a ladrar,pressente tudo,tive muita sorte,ela sempre foi fácil de ensinar,mas confesso que quando adoptamos um animal temos de estar conscientes com a responsabilidade e o trabalho que nos vai dar,antes de ela aprender ainda fez muitas mijadelas,no meu chãosinho,mas tal como nós eles também não nascem ensinados
Voltar ao Topo Ir em baixo
lyana
super estrela
super estrela
avatar

Feminino
Virgem Cavalo
Inscrição : 11/02/2011
Nº de Mensagens : 960
País :
Rainha do mês :

MensagemAssunto: Re: cão lá em casa   Qui 31 Mar - 22:32

paulacmarques escreveu:
é verdade :) A vida é feita de pequenas coisas
o meu dia já estava tão preenchido. que só a ideia de ter um cão assustava-me. Mas a minha filha mais velha queria tanto que lá teve de ser.
Agora estou sempre ansiosa por chegar a casa e ver se está tudo bem. De v^-lo aos saltos....

Um pequeno ser que está a completar


Quando eles são pequeninos são tão queridos,a minha cadela tem 11anos e parece uma bebé,é uma mimalha,quando nós chegamos a casa faz uma festa que parece que não nos vê á anos
Voltar ao Topo Ir em baixo
paulacmarques
caloiro
caloiro


Feminino
Touro Cachorro
Inscrição : 30/03/2011
Nº de Mensagens : 21
País :
Emprego/lazer : merchandizer partime
Humor : gosto de quase tudo na vida :)

MensagemAssunto: Re: cão lá em casa   Qui 31 Mar - 22:38

estou ansiosa por lhe dar as vacinas. Assim o bichinho começa a ir à rua. Não só para fazer as necessidades lá fora mas também para apanhar ar :) correr livre
ainda é das coisa que mais me custa, saber que o cão está preso em casa
mas com o tempo vou-me habituando :)
Voltar ao Topo Ir em baixo
lyana
super estrela
super estrela
avatar

Feminino
Virgem Cavalo
Inscrição : 11/02/2011
Nº de Mensagens : 960
País :
Rainha do mês :

MensagemAssunto: cão lá em casa   Qui 31 Mar - 22:45

Como eu disse a minha cadela tinha 1mês quando veio para minha casa,eu fui logo ao veterinário com ela,para ver se estava tudo bem,e estava,mas o veterinário também me disse que ela não podia ir á rua enquanto não levasse as vacinas,mas eu ia, se calhar fiz mal ,mas não lhe aconteceu nada de mal e desde pequenina começou logo a criar aquela rotina,eu nunca consegui que ela fosse ao jornal ela assustava-se com o barulho das folhas de jornal,ainda agora assusta-se por tudo e por nada,é uma mimalha
Voltar ao Topo Ir em baixo
Salgadinha
Membro Diamante
Membro Diamante
avatar

Feminino
Touro Gato
Inscrição : 02/09/2008
Nº de Mensagens : 7547
País :

MensagemAssunto: Re: cão lá em casa   Qui 31 Mar - 22:49

paulacmarques escreveu:
é verdade :) A vida é feita de pequenas coisas
o meu dia já estava tão preenchido. que só a ideia de ter um cão assustava-me. Mas a minha filha mais velha queria tanto que lá teve de ser.
Agora estou sempre ansiosa por chegar a casa e ver se está tudo bem. De v^-lo aos saltos....

Um pequeno ser que está a completar


Não ha como chegar a casa e ter um canito desvairado aos pulos a dar-nos as boas vindas...k saudades... Sad

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: cão lá em casa   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
cão lá em casa
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
nosmulheres :: Outras conversas :: O Cantinho dos Animais-
Ir para: