nosmulheres
Olá!
Bem-vinda
nosmulheres

Porque os mais belos momentos são nossos. Um forum onde se fala de culinária, artesanato, os nossos filhos, os nossos animais, noticias, saúde, toda a nossa conversa...ser mulher
 
InícioInício  PortalPortal  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  LoginLogin  

Compartilhe | 
 

 Ministério culpa famílias por atraso em 31mil 'Magalhães'

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
moranguita
Membro Diamante
Membro Diamante


Feminino
Aquário Búfalo
Inscrição : 30/06/2008
Nº de Mensagens : 18904
País :
Humor : bom por norma
Rainha do mês :

MensagemAssunto: Ministério culpa famílias por atraso em 31mil 'Magalhães'   Sab 11 Jul - 9:12

Educação diz que estão entregues 370 mil. Dos mais de 33 mil em atraso, 90% são atribuídos a erros de candidatura ou falta de pagamento

O Ministério da Educação justificou com a falta de pagamento ou erros no preenchimento de candidaturas, da parte dos encarregados de educação, o facto de terem ficado por entregar mais de 30 mil Magalhães no final do ano lectivo.

Em resposta enviada à deputada não-inscrita Luísa Mesquita, no fim de Junho - à qual o DN teve acesso -, o gabinete de Maria de Lurdes Rodrigues explicou que das 404 600 inscrições registadas até essa data já tinham sido entregues 370 mil computadores.

Quanto aos portáteis ainda por distribuir, o Ministério assumiu estarem "em trânsito, para serem entregues aos alunos, 3000 computadores Magalhães, já pagos pelos encarregados de Educação". Mas descartou responsabilidades sobre os restantes casos.

"Há 31 600 inscritos no programa a quem ainda não foi possível entregar o computador Magalhães", explicou o Ministério, "por incorrecção dos dados de inscrição (designadamente o número de telefone de contacto com o encarregado de educação) ou por ausência de pagamento".

Contactada pelo DN, Luísa Mesquita - que em Maio tinha questionado a tutela sobre "erros" nos portáteis e atrasos na sua entrega - acusou o Ministério de "lavar as mãos como Pilatos" em relação a este problema.

"A resposta é ambígua. Ficamos sem saber quantos desses 31 600 não pagaram o Magalhães", disse a deputada. "Mas mesmo se só houvesse 3000 computadores por distribuir isso já seria inadmissível", considerou. "É preciso perceber que estamos a falar de famílias que já pagaram, em muitos casos desde o mês de Janeiro".

Por outro lado, acrescentou, as explicações suscitam também dúvidas sobre a qualidade dos esclarecimentos dados às famílias durante o processo: "Todas as escolas que contactei [com atrasos na entrega] disseram-me que os computadores já tinham sido pagos. Mas também soube de casos de pais que estavam à espera do envio para fazerem o pagamento".

O Ministério esclarece também que houve 50 mil alunos do 1.º ciclo, "sobretudo do 4.º ano", que não se inscreveram. Segundo a tutela porque "optaram por aguardar e inscrever-se no programa e-escola no próximo ano lectivo". Resposta que também não convence a deputada: "Há muitas famílias que não chegam aos escalões mais alto da Acção Social [para as quais o Magalhães é grátis] que não podem pagar 50 euros.

Quanto aos erros, foi enviado às escolas software para apagar os programas em causa.

fonte:DN
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://docesdamoranguita.blogspot.com
 
Ministério culpa famílias por atraso em 31mil 'Magalhães'
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
nosmulheres :: Temas em geral :: Banca dos jornais-
Ir para: