nosmulheres
Olá!
Bem-vinda
nosmulheres

Porque os mais belos momentos são nossos. Um forum onde se fala de culinária, artesanato, os nossos filhos, os nossos animais, noticias, saúde, toda a nossa conversa...ser mulher
 
InícioInício  PortalPortal  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Ourives em tribunal por ter morto ladrão

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
irakaya
super estrela
super estrela
avatar

Feminino
Sagitário Macaco
Inscrição : 03/03/2010
Nº de Mensagens : 574
País :
Emprego/lazer : Administrativa
Humor : Negro... Branco... ás Bolinhas!!

MensagemAssunto: Ourives em tribunal por ter morto ladrão   Ter 6 Abr - 9:24

06 Abril 2010 - 00h30
Trofa: Ourivesaria continua fechada desde o assalto, em 2 de Julho de 2009

Ourives em tribunal por ter morto ladrão


"É uma injustiça o que lhe estão a fazer. Deviam era dar--lhe um louvor por ter tentado defender o que era dele". A opinião é de Manuel Carvalho, um antigo cliente da ourivesaria Vilaça, em S. Romão de Coronado, na Trofa, que foi assaltada em Julho do ano passado por um grupo de quatro homens armados. O ourives começa hoje a ser julgado pela morte de um dos assaltantes.

O comerciante, Fernando Vilaça, senta-se no banco dos réus no Tribunal de Santo Tirso e está acusado de "homicídio privilegiado", um crime que é punível com prisão de um a cinco anos. Está prevista na lei para os casos em que o acto surge num estado de "emoção violenta".

O assalto aconteceu no dia 2 de Julho de 2009, quando quatro jovens entraram na ourivesaria Vilaça, partiram as montras e roubaram vários artigos em ouro. Tresloucado, o ourives pegou numa caçadeira e atingiu um dos ladrões, que tinha disparado contra si. O jovem de 18 anos acabou por morrer à porta de casa, em Rio Tinto, onde foi deixado depois do assalto.

Manuel não assistiu aos acontecimentos de Julho de 2009, mas é da opinião que o ourives "devia ser um exemplo". "Talvez assim os ladrões pensassem duas vezes antes de entrar por aí a roubar", afirma.

O início do julgamento é tema de conversa na freguesia. "É a justiça que temos. Um homem sério e trabalhador vai ser julgado por não querer que lhe roubassem o que era dele", considerou.

Os antigos clientes de Fernando Vilaça lamentam que o ourives não tenha voltado ao negócio e lembram que o empresário "ficou muito abalado com tudo o que aconteceu" e que não voltou a abrir a loja "com medo do que lhe pode vir a acontecer". Desde o assalto, é seguido por um psiquiatra.

Os assaltantes estão quase todos em prisão preventiva. Foram apanhados pela PJ uns dias depois, mas serão julgados em separado pelo roubo à ourivesaria.

PORMENORES

AMEAÇADO DE MORTE

O empresário, de 57 anos, resistiu ao assalto e foi ameaçado de morte, com o grupo de assaltantes, com idades entre os 16 e os 19 anos, a conseguir fugir com artigos de ouro num valor superior a 204 mil euros.

ONDA DE ASSALTOS

A quadrilha pôs-se em fuga num carro que tinha sido roubado por carjacking em Paços de Ferreira, onde os esperava outro colega. Mesmo com o amigo, de 18 anos, a esvair-se em sangue, o grupo continuou a onda de assaltos e, perante a falta de gasolina, ainda roubaram outra viatura.

ABANDONADO

Carlos, de 18 anos, o ladrão baleado, era tido como o líder do grupo. Foi abandonado pelos cúmplices à porta de casa, no bairro dos Carreiros, em Rio Tinto, cerca de uma hora depois do assalto. Faleceu diante do olhar da mãe.



Fátima Vilaça

AQUI

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Ourives em tribunal por ter morto ladrão
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
nosmulheres :: Temas em geral :: Banca dos jornais-
Ir para: